Aquecimento Grammy: top 10 melhores apresentações

Confira algumas das performances mais marcantes da premiação



A cerimônia de premiação do Grammy 2021 acontece no próximo domingo (14) a partir das 21h (horário de Brasília). Com apresentação do comediante Travor Noah, o evento conta com uma extensa lista de performances dos artistas que foram destaque no último ano.


Dos veteranos Taylor Swift, Chris Martin e John Mayer até as estreias de Megan Thee Stallion, BTS e da banda Sonic Silk (composta por Bruno Mars e Anderson Paak), o palco do premiação promete ficar bem agitado nesta edição. Para você já ir se preparando, o Mixtape 90 selecionou algumas das apresentações mais marcantes da história do Grammys.


Confira abaixo:


1) Enimem e Elton John - "Stan" (2001)


Há exatos 20 anos, Eminem e Elton John se uniram para cantar "Stan", terceiro single do álbum "The Marshall Mathers LP" do rapper americano. Originalmente, a música é uma parceria com a cantora Dido. Para a versão do Grammy, a lenda britânica participa da canção não com os vocais, mas também na criação de um novo arranjo.



2) Christina, P!nk, Lil' Kim, Mya & Patti Labelle - Lady Marmalade (2002)


A maior parceria feminina do mundo pop também fez história no palco da premiação. Christina, P!nk, Lil' Kim e Mya apresentaram o hit Lady Marmalade junto com a cantora original da música, Patti Labelle. Nesta mesma noite, elas também levaram para casa o prêmio de Melhor Colaboração Pop com Vocais.


3) Prince e Beyoncé - "Purple Rain” e “Baby I’m a Star"(2004)


Como já deu para perceber, o palco do Grammy é um local onde incríveis encontros da música acontecem. Em 2004, Beyoncé estava curtindo o sucesso do primeiro trabalho solo, "Dangerously In Love", quando foi convidada a se apresentar na maior premiação de música ao lado de ninguém menos do que Prince. Os dois arrasaram num medley de sucessos e a cantora ainda levou cinco prêmios para a casa. Combinação de lendas dá nisso, né?


4) Amy Winehouse - "You Know I’m No Good" e "Rehab" (2008)


Apresentações à distância em premiações são bem comum hoje em dia, né? Porém, não era bem assim lá em 2008. A produção do evento teve que montar toda uma logística para garantir a participação da cantora Amy Winehouse, que teve o visto negado e não pode ir até Los Angeles.


Todo esse esforço valeu a pena. A lenda do R&B fez uma apresentação emocionante dos sucessos "You Know I’m No Good" e "Rehab", além de ter uma das reações mais sinceras ao receber o prêmio de Gravação do Ano.



5) Lady Gaga - "Born This Way" (2011)


Como esquecer do icônico momento de Lady Gaga dentro de um ovo? A encenação, que começou no tapete vermelho e terminou no palco do Grammy, fazia parte da apresentação do single "Born This Way". Com vocais impecáveis, a cantora marcou a história da premiação ao dar vida a todo o conceito do álbum também intitulado "Born This Way".



6) Adele - "Rolling in The Deep" (2012)


Depois de cancelar a turnê em 2011 por problemas nas cordas vocais, Adele retornou aos palcos na edição do Grammy do ano seguinte. Mostrando que estava melhor do que nunca, a cantora apresentou o sucesso "Rolling in The Deep" e ainda foi a grande vencedora da noite, levando todos os seis gramofones aos quais estava concorrendo.



7) Madonna - "Living For Love" (2015)


Após muita espera dos fãs, Madonna fez uma apresentou a música "Living for Love" no Grammy. A cantora levou para o palco todo o conceito do clipe da música e basicamente mostrou para o mundo inteiro o motivo dela ocupar o posto de rainha do pop.



8) Kendrick Lamar - "DNA." e "HUMBLE" (2016)


O palco do Grammy também é lugar para falar de política. Na 58ª edição do evento, o rapper Kendrick Lamar fez uma apresentação de arrepiar trazendo questões sobre a desigualdade racial e a violência policial nos Estados Unidos. Nessa noite, ele levou cinco dos onze prêmios aos quais foi indicado.



9) Katy Perry e Skip Marley - Chained to the Rhythm (2017)


Outra artista que também usou o palco do Grammy para falar sobre política foi Katy Perry. Apesar de ser conhecida pelo pop fofo e roupas com doces, a apresentação na edição de 2017 marcou o início da era mais politizada da cantora com o álbum Witness.


Junto com Skip Marley, ela cantou o single Chained To The Rhythm. Ao longo da performace, foram feitas várias críticas às politicas adotadas pelo então presidente Donald Trump e à alienação da sociedade americana.



10 ) Demi Lovato - Anyone (2020)


Podemos apontar essa apresentação de Demi Lovato como uma das mais emocionantes da história do Grammy. Acompanhada apenas por um piano, a cantora mostrou toda a sua potência vocal ao cantar a música "Anyone". Esta foi a primeira vez que Demi subiu ao palco após sofrer uma overdose em 2018.



E aí? Quais dessas apresentações foram mais marcantes pra você? Comenta nas nossas redes sociais.

OutrosPots.png

Matérias Recentes

Listra.png